Visto para os EUA de Portugal - explicação simplificada

O pedido de visto é a parte integrante do planeamento de viagens e, de forma geral, a menos divertida.

Para os cidadãos de Portugal que ainda não viajaram para fora da Europa, ou que até à data nunca precisaram de se preocupar com vistos, isto pode ser esmagador e confuso.

Mesmo para pessoas que viajam muito e que já estão familiarizadas com muitos processos de visto, a burocracia das viagens pode tornar-se cansativa com muita rapidez. Pode até dar-lhe vontade de começar a bater com a cabeça contra uma parede.

Viajar para os EUA a partir de Portugal não é exceção.

Há muita confusão de torno do visto dos EUA para cidadãos de Portugal.

Felizmente, para os cidadãos de Portugal, viajar para os EUA não exige necessariamente um processo demorado de pedido de visto.

Muitos viajantes não percebem que um visto para os EUA de Portugal nem sempre é necessário e que estão isentos dos requisitos de visto usuais no Programa de Isenção de Visto.

O Sistema Eletrónico de Autorização de Viagem, conhecido como ESTA, permite uma candidatura online rápida e fácil, autorizando a sua viagem aos EUA sem necessidade de um visto oficial, desde que cumpra determinados requisitos.

Este guia vai apresentar-lhe o ESTA e entrar em mais detalhe sobre os casos em que pode efetivamente precisar de um visto se o ESTA não for suficiente.

USA passport

Apresentação do ESTA

O Programa de Isenção de Visto permite que cidadãos de 38 países, incluindo Portugal, permaneçam nos EUA até 90 dias para negócios, trânsito ou viagem sem visto, desde que cheguem por via aérea ou marítima. Em vez de um visto, os cidadãos desses países devem obter um ESTA ou Sistema Eletrónico de Autorização de Viagem.

Fundado em 2009, o ESTA não é realmente um visto, mas pode ser tido como a versão mais rápida e simples de um visto. Facilitou muito as viagens para os EUA de Portugal e significa que uma visita aos EUA de Portugal não significa necessariamente um longo processo de visto.

Portanto, se procura um visto para os EUA de Portugal para férias, e a sua viagem for inferior a 90 dias, talvez não seja necessário pedir um visto de turista americano a partir de Portugal!

Em vez disso, com o ESTA, pode viajar nos EUA (desde que não esteja a estudar ou a trabalhar) até 90 dias. Tudo o que necessita de fazer é concluir a candidatura online simples e pagar a taxa.

Continue a ler para descobrir se cumpre os critérios para viajar para os EUA com o ESTA.

Requisitos para o ESTA

Infelizmente, ser cidadão de um país dentro do Programa de Isenção de Vistos como Portugal não o habilita automaticamente a um ESTA. Existem alguns outros requisitos que necessita de cumprir para lhe ser emitido um ESTA.

Os requisitos do ESTA incluem:

  • Possuir um passaporte eletrónico (isto significa ser legível por máquina e ter um chip eletrónico que contém as suas informações pessoais).
  • Possuir um passaporte válido no momento da candidatura e durante a sua estadia nos EUA.
  • Possuir um comprovativo de prosseguimento de viagem, seja um bilhete de volta a casa ou um voo para outro país.
  • Permanecer no país por 90 dias ou menos.
  • Não trabalhar ou estudar enquanto estiver no país (isto inclui trabalhar para a imprensa estrangeira, jornalismo e competir em desportos profissionais).
  • Viajar de avião ou navio para os EUA. (Os visitantes terrestres nos EUA de países inseridos no Programa de Isenção de Visto não precisam de um ESTA, mas necessitam de preencher um formulário I-94W.)

Se cumprir todos estes requisitos, poderá prosseguir e solicitar o ESTA sem precisar de passar pelo processo de pedido de visto.

Se não cumprir todos os requisitos acima, vai necessitar de pedir um visto, mesmo que apenas visite os EU por 90 dias ou menos.

agreement

Como pedir o ESTA a partir de Portugal

O ESTA pode ser facilmente pedido online. Tudo o que necessita é do seu passaporte e um cartão de crédito ou débito válido para o pagamento. Atualmente, a taxa do governo dos EUA para cada nova candidatura ESTA é de $14. Dependendo do local por onde se candidatar, pode haver uma taxa de serviço adicional.

O formulário de inscrição ESTA pede informações pessoais básicas, incluindo o seu nome e detalhes de contacto, nome dos seus pais, detalhes do passaporte e data de nascimento. De seguida, inclui questões sobre quaisquer ofensas criminais e cidadania com outros países que não fazem parte do Programa de Isenção de Visto.

Por fim, solicita informações sobre a sua viagem aos EUA, incluindo onde vai ficar (necessita de fornecer a morada do local onde vai ficar quando chegar), os seus motivos para viajar e se vai ganhar dinheiro com a sua estadia, de qualquer forma, enquanto estiver no país. Também pode pedir as suas informações mais recentes sobre emprego.

Admitindo que seja elegível para o ESTA, necessita de o pedir e de o receber antes de embarcar no avião ou navio que o levará aos EUA.

A candidatura para o seu ESTA é rápida, geralmente demora apenas 5 minutos. A confirmação do seu ESTA, se aprovado, é geralmente recebida em 20 minutos, embora o site do governo recomende que se candidate 72 horas antes da partida para ficar descansado.

Não vai querer ser detido no check-in sem ter um ESTA e ter de se candidatar freneticamente através computador do aeroporto antes de poder passar pela segurança.

Receberá um e-mail com um número de referência confirmando a sua aprovação para viajar para os EUA. Embora não necessite de o mostrar ao fazer o check-in, visto à partida a companhia aérea já ter acesso às informações automaticamente, deve tê-lo à mão, apenas por precaução.

Depois de recebido, o ESTA é válido por dois anos e pode ser usado para várias entradas, a menos que o seu passaporte expire antes de dois anos. Nesse caso, o seu ESTA expirará juntamente com o seu passaporte e vai precisar fazer um novo pedido ESTA.

Se pediu um ESTA no passado e não tem certeza se ainda é válido, pode verificar o estado do ESTA para evitar ter que fazer um novo pedido. Note que ter obtido um ESTA no passado não é garantia que o obtenha novamente. Pode ser revogado a qualquer momento, ao critério da imigração dos EUA.

Razões pelas quais lhe pode ser recusado um ESTA

Quando solicita o seu ESTA, é extremamente importante que todas as informações sejam verdadeiras e precisas e que sejam inseridas corretamente na candidatura. Um dos motivos mais comuns para um ESTA ser recusado é um erro no processo de candidatura.

Verifique novamente se tudo está corretamente escrito e assegure-se que a forma como escreveu o seu nome corresponde à forma como está escrito no seu passaporte. Por exemplo, se o seu nome do meio estiver escrito no seu passaporte, necessita de incluir o nome do meio no seu pedido ESTA.

Outras razões pelas quais o seu ESTA possa ser recusado incluem:

  • Ter-lhe sido previamente negada entrada nos EUA.
  • Ter sido previamente deportado dos EUA.
  • Ter estado preso.
  • Possuir um cadastro criminal.
  • Ter permanecido anteriormente para além do período válido de um visto ou ESTA.
  • Ter certas doenças transmissíveis.
  • Ter viajado por determinados países nos últimos anos.
  • Possuir dupla cidadania com certos países.

Se pedir um ESTA, mas lhe este for recusado, não perca a esperança. Ainda pode solicitar o visto de negócios B1 ou o visto de turista B2. Pode encontrar mais informações sobre estes vistos nas secções seguintes.

Vai viajar para os EUA?


Se planeia visitar os EUA num futuro próximo, agora é a altura de submeter o seu pedido!

Solicite o ESTA EUA hoje mesmo

ESTA vs. Visa

Como mencionado anteriormente, o ESTA não é efetivamente um visto. Isso significa que, além de não cumprir os requisitos acima, há casos em que um visto ainda será necessário, mesmo que seja originário de um país no Programa de Isenção de Visto.

Por exemplo, se viajar para os EUA por outros motivos que não sejam negócios, trânsito ou viagem, precisará de um visto. Essas outras razões podem incluir estudar para obter uma qualificação mais elevada (como um diploma universitário, estágio ou qualificação profissional) ou trabalhar em qualquer tipo de atividade remunerado. Isto inclui a participação em eventos desportivos profissionais, jornalismo ou participação numa atuação paga de qualquer tipo.

Se planeia entrar no país por mais de 90 dias, independentemente do motivo, também vai necessitar de um visto, pois o ESTA é válido apenas para visitas até 90 dias.

Leia mais para descobrir se precisa de pedir um visto americano a partir de Portugal.

USA flag

Tipos de Visto dos EUA para cidadãos portugueses

Os principais tipos de visto disponíveis para cidadãos portugueses que viajam para os EUA, que cumprem os requisitos de um ESTA, são variações de trabalho temporário ou visto de estudo. É claro que há a hipótese de ser um turista, visitar familiares e amigos ou receber tratamento médico por mais de três meses. Nesse caso, vai precisar de um visto de turista de Portugal para os EUA.

A lista de possíveis tipos de visto de não-imigrante para os EUA é a seguinte.

B-2 - Turismo e Tratamento Médico

Este visto é para pessoas que viajam para os EUA em lazer, para visitar amigos, viajar ou receber tratamento médico se a visita durar mais de 90 dias ou se não for elegível para o ESTA. Se necessita de pedir um visto de turista para os EUA a partir de Portugal, este é o visto de que vai precisar.

B-1 - Reuniões de Negócios e Conferências

Este visto é para cidadãos portugueses que viajam aos EUA para consultas, reuniões, negociações, litígios e convenções de natureza comercial, se a viagem durar mais de 90 dias ou se não for elegível para o ESTA.

Vistos E-1 ou E-2 para Investidores

Estes vistos são para cidadãos portugueses que pretendem negociar investimentos e acordos comerciais nos EUA.

Visto de Estudante F-1, Visto Vocacional M-1 ou Visto de Visitante J1 Exchange

Estes vistos são para cidadãos portugueses que desejam concluir um curso nos EUA que irá contribuir para uma qualificação mais elevada. O visto de estudante F-1 é tipicamente para estudo académico por um semestre ou em mais que uma instituição universitária. O visto M-1 é para estudo vocacional, enquanto o visto J1 é adequado a pessoas que participam num programa pré-acordado, organizado por uma instituição aprovada. Este programa pode envolver estudo, formação ou trabalho remunerado.

Vistos de trabalho para Não-Imigrantes

O pedido de um visto de trabalho temporário para os EUA de Portugal não é, infelizmente, um processo fácil. Ao contrário de outros países, o governo dos EUA não emite vistos de trabalho temporário para empregos pontuais, a menos que já lhe tenha sido oferecido por um empregador nos EUA.

Depois de lhe ter sido oferecido emprego, o seu empregador em potencial é obrigado a submeter o seu pedido de visto (na forma de uma petição), e ainda assim não há garantia de que vai efetivamente obter um visto.

Depois de receber uma oferta de emprego, os possíveis vistos de trabalho para não-imigrantes disponíveis para pedir são:

Visto H-1B - Profissão Especializada

Este visto é para quem possui um diploma de bacharel, ou superior, numa ocupação especializada e recebeu uma oferta de emprego dentro dessa especialidade.

Visto H-2B - Trabalhador qualificado e não qualificado

Este visto é para trabalhadores temporários ou sazonais, necessários em funções que atualmente têm escassez de trabalhadores nos EUA.

Visto H-3 - Estagiário

Este visto permite que os visitantes dos EUA recebam formação de um empregador, desde que não seja de natureza médica e não esteja disponível no seu país de origem.

Visto L-1 - Transferência dentro da empresa

Este visto é para funcionários de empresas internacionais que possuem filiais nos EU e que foram transferidos para essa filial. Para ser elegível, deve estar empregado pela mesma empresa fora dos EUA por pelo menos 1 ano no período de 3 anos antes da transferência.

0-1/0-2 Visa - Pessoas com capacidade extraordinária, Membros da profissão de entretenimento, Atletas, Artistas, Animadores e Pessoal de apoio

Este visto está disponível para indivíduos com habilidades extraordinárias para permitir que participem num único evento, tal como passeios, apresentações ou palestras. O visto 0-1 é para estacionamento individual nas atuações, enquanto o visto 0-2 é para o pessoal de suporte essencial.

Visto P-1/P-2/P-3 - Atletas, artistas, artistas e pessoal essencial de apoio

O visto P-1 permite que atletas, equipas e grupos da indústria do entretenimento entrem nos EUA. O visto P-2 é específico para programas de intercâmbio recíproco, enquanto o visto P-3 é específico para programas culturais exclusivos.

Visto Q-1 - Intercâmbio Cultural Internacional

Este visto é para programas de intercâmbio cultural que envolvam formação prática e emprego, que ocorrem num local ou instituição onde o público será exposto à cultura estrangeira por via de um programa estruturado.

Visto R-1 - Ministros ou Trabalhadores Religiosos

Este visto permite que membros de denominações religiosas reconhecidas nos EUA realizem trabalhos de teor profissional.

Opções de trabalho para jovens

Ao contrário do Canadá, Austrália e Nova Zelândia, os EUA também não oferecem um visto de trabalho para jovens. Mas, se tiver entre 18 e 26 anos, existem algumas opções um pouco mais fáceis do que os vistos de trabalho acima.

Por exemplo, o visto J-1 permite que jovens de Portugal trabalhem até 12 meses como Au Pair. É considerado uma troca e não um trabalho, portanto não será remunerado à hora, mas ser-lhe-ão fornecidos comida, local para estadia e um subsídio.

Outra forma comum de trabalhar nos EUA com o visto J-1 Exchange é como Conselheiro de Campo num acampamento de verão. Semelhante à função de Au Pair, não irá receber uma remuneração à hora, mas ser-lhe-ão fornecidos comida, local para estadia e um subsídio que geralmente é suficiente para viajar por um tempo após o término da sua posição.

Outras opções incluem o Programa de Viagens de Trabalho de Verão, disponível para estudantes universitários nas férias de verão, o Programa de Estagiários e outros programas de intercâmbio para profissões específicas, tais como ensino e pesquisa.

plane - travel concept

Como pedir um Visto americano a partir de Portugal

Se, depois de ler os vistos acima, necessita de pedir um visto dos EUA a partir de Portugal, isso poderá ser feito diretamente através da Embaixada dos EUA em Lisboa, dependendo do local onde se encontra em Portugal.

O pedido de um visto americano a partir de Portugal não é muito complicado, desde que reserve tempo suficiente e siga as instruções do processo de pedido de visto.

Normalmente, é necessária uma candidatura por cada pessoa que viaja para os EUA.

Se tem entre 14 e 79 anos, será necessário pedir o visto americano de Portugal pessoalmente na embaixada para obter uma entrevista. Isto vai exigir a marcação de uma entrevista, para a qual vai precisar de trazer a confirmação da marcação e o formulário de candidatura preenchido (DS-160).

É expectável que necessite de ficar entre duas e três horas na embaixada. O seu passaporte permanece junto do seu pedido enquanto este é tratado e, de seguida, ser-lhe-á enviado de volta, geralmente no espaço de uma semana útil.

Um pedido de visto americano a partir de Portugal exige certos documentos. Estes diferem dependendo do visto para que está a pedir, mas todas as candidaturas exigem:

  • Um passaporte válido.
  • Uma fotografia, do tamanho adequado a um passaporte, com menos de seis meses.
  • Uma cópia impressa e preenchida do formulário de candidatura para o tipo de visto escolhido.
  • Documentação relativa a qualquer visto anteriormente obtido nos EUA (por exemplo, um passaporte antigo).
  • Prova de fundos que cubram a duração da sua estadia nos EUA.
  • Confirmação da entrevista.

Depois de realizar a entrevista e receber o visto, ainda assim não há garantia absoluta de que possa entrar nos EUA. A decisão final é tomada pelo funcionário da Imigração dos EUA que analisa os seus documentos à chegada aos EUA.

Esperamos que este artigo tenha respondido às suas perguntas sobre os vistos de viagem ESTA e vistos de viagem para os EUA para cidadãos de Portugal. Caso contrário, leia as Perguntas Frequentes.

Vai viajar para os EUA?


Se planeia visitar os EUA num futuro próximo, agora é a altura de submeter o seu pedido!

Solicite o ESTA EUA hoje mesmo

Perguntas Frequentes sobre ESTA

1.O que é um ESTA?

ESTA significa Sistema Eletrónico de Autorização de Viagem e é uma alternativa mais simples a um visto para visitantes dos EUA que são cidadãos de países ao abrigo do Programa de Isenção de Visto. Permite que pessoas de determinados países, incluindo Portugal, entrem nos EUA sem precisar de visto, desde que você e a sua viagem cumpram determinados critérios.

2.É um ESTA um visto?

Não, um ESTA não é um visto, é uma forma de permitir que as pessoas viajem para os EUA sem visto. Mas inclui algumas perguntas semelhantes a um visto, mas é muito mais rápido e mais simples.

3.Posso obter um ESTA se for residente de Portugal?

Se é residente em Portugal e cidadão de outro país dentro do Programa de Isenção de Vistos, poderá obter um ESTA usando o seu passaporte desse outro país-membro. No entanto, se é um residente de Portugal, mas é cidadão de um país que não faz parte do programa ESTA, necessita de pedir o visto.

4.Preciso de um visto para os EUA a partir de Portugal?

Isso depende se é um cidadão português ou apenas um residente, quanto tempo vai durar a sua viagem e o motivo da sua viagem. Se não é cidadão de um país inserido no Programa de Isenção de Visto, necessita de um visto. Se a sua viagem for superior a 90 dias ou vai estar inserido num trabalho remunerado ou a estudar, necessita de um visto.

5.Que países estão inseridos no Programa de Isenção de Visto?

AndorraHungriaNova Zelândia
AustráliaIslândiaNoruega
ÁustriaIrlandaPortugal
BélgicaItáliaRepública de San Marino
BruneiJapãoSingapura
ChileRepública da CoreiaEslováquia
República ChecaLetóniaEslovénia
DinamarcaLiechtensteinEspanha
EstóniaLituâniaSuécia
FinlândiaLuxemburgoSuíça
FrançaMaltaTaiwan
AlemanhaMónacoReino Unido
GréciaHolanda

6.Um cidadão português precisa de um visto para os EUA

Se a sua viagem for inferior a 90 dias e não for aos EUA para trabalhar ou estudar, os cidadãos portugueses não necessitam de visto para os EUA. É para isso que serve o ESTA.

7.Como pedir um visto americano a partir de Portugal

Consulte as informações acima na opção "Pedir um visto americano a partir de Portugal". Ser-lhe-á necessário preencher os formulários de candidatura e participar numa entrevista na Embaixada dos EUA em Lisboa.

8.ESTA vs. Visa - Qual é a diferença?

Um ESTA é uma alternativa a um visto, que torna a viagem para cidadãos de países isentos de visto mais rápida, mais económica e mais fácil por não exigir um visto, desde que a viagem tenha duração inferior a 90 dias e não seja para trabalho ou estudo. Os vistos precisam de ser pedidos se a sua viagem durar mais de 90 dias e/ou estiver a trabalhar ou a estudar. O tipo de visto de que necessita será decidido mediante o objetivo da sua viagem. Por exemplo, se estiver a estudar, provavelmente vai precisar de um visto de estudante F-1. Consulte a secção acima intitulada “Visto dos EUA para cidadãos de Portugal” para mais informações.

9.Como obter um visto de turista para os EUA a partir de Portugal

Vai precisar de pedir um visto de tratamento B2 - Turismo e Medicina da Embaixada dos EUA em Lisboa, dependendo de onde reside em Portugal. Necessita de preencher um formulário de inscrição e participar numa entrevista.

10.Visto de estudante para os EUA de Portugal?

Existem 3 vistos diferentes projetados para diferentes tipos de estudo nos EUA. Necessita do Visto de Estudante F-1, Visto Vocacional M-1 ou Visto de Visitante J-1 Exchange. Tudo isto deve ser tratado através da Embaixada dos EUA em Lisboa.

11.E quanto ao visto de trabalho?

A menos que pretenda emigrar para os EUA, necessita de um visto de trabalho não-imigrante. Este, no entanto, é difícil de obter, pois geralmente vai depender de uma oferta de emprego de um empregador americano que irá patrocinar o seu pedido de visto. O governo dos EUA não oferece vistos de trabalho temporário para empregos pontuais. Se recebeu uma oferta de emprego, o seu possível empregador é obrigado a submeter uma petição nos Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS). Existem 8 possíveis vistos de trabalho para não-imigrantes que podem ser pedidos. Consulte a secção acima intitulada “Vistos de trabalho para não-imigrantes” para mais informações.

12.E se viajar a partir de Portugal, mas não for um cidadão português?

Infelizmente, o ESTA é apenas para cidadãos de países no Programa de Isenção de Visto. Viajar de Portugal não é suficiente se não é cidadão. Vai precisar de pedir um visto. Isto também inclui residentes portugueses que não são cidadãos. Ainda que more em Portugal com um título diferente, não é elegível para o ESTA e necessita de pedir um visto.

13.Qual é a segurança das minhas informações ao solicitar o ESTA?

No usaestaonline.com, as suas informações são protegidas de todas as maneiras possíveis, usando a mais recente tecnologia de encriptação. O US ESTA Online e o governo dos EUA não divulgam informações pessoais a terceiros, exceto em casos em que se detete um sério risco à segurança ou para proteger a sua segurança.

14.Qual é a segurança dos detalhes do meu cartão de crédito ao solicitar o ESTA?

Da mesma forma que acima, o US ESTA Online usa a mais recente tecnologia de encriptação para garantir que os detalhes do seu cartão de crédito estejam seguros e protegidos de terceiros.

Assim concluímos este guia sobre os meandros do ESTA e vistos para os EUA a partir de Portugal. Esperamos que tenha encontrado o que procura e saiba agora exatamente o que necessita de fazer para preparar a sua viagem aos EUA!